História e Canavial |

CAT | Mamulengos

PROGRAMA CANAVIAL

EDITORIAL 99

Para os dias 7 e 8 de janeiro de 2011.

PREPARANDO AS ESCOLAS DE NOSSOS FILHOS

Severino Vicente da Silva

 

 

Meus amigos

Estamos a começar um novo ano, um novo período de nossa vida, e devemos vivê-la em todas as suas possibilidades. E um bom começo é verificar o que está acontecendo em nossas cidades. Vamos ficar atentos para saber se as escolas estão sendo limpas e preparadas para receber nossos filhos. Isso quer dizer que este é o momento em que os secretários de educação devem se reunir com os diretores das escolas e verificar se há cadeiras e mesas em quantidade suficiente e em boas condições de uso; observar se as instalações sanitárias estão funcionando corretamente e se a biblioteca da escola está sendo renovada. É também importante verificar se a área de recreio está limpa e bem aparelhada. A gente precisa aprender que uma escola é muito mais complexa do que ter apenas sala, quadro e professor. Vamos exigir que as nossas escolas públicas sejam tão boas, ou melhores que as melhores escolas particulares. E os vereadores, deputados, prefeitos e governador, juntamente com os seus secretários foram eleitos para gerenciar os impostos arrecadados de maneira a que todos os cidadãos tenham acesso ao que há de melhor, pois é para isso que nós produzimos a riqueza neste país.

 

E o melhor no início do ano são as festas em louvor e lembrança dos Reis Magos, sábios que, diz a tradição, saíram de suas terras e foram procurar o lugar onde nasceu Jesus, o maior de todos os reis. E é no louvor a esses sábios que são feitas as últimas apresentações do Pastoril com a Queima da Lapinha. Essa parte da festa que parecia ter sumido, nos últimos tempos tem renascido, ocorrendo em muitas cidades. No Recife ocorreram quatro queimas. E na Festa de Reis de Carpina, a maior da região, está sendo muito animada e com muitas apresentações de Babaus ou Mamulengos, além de Cavalo Marinho. Aliás, vocês sabiam que o Mestre Salustiano criou um Encontro de Cavalo Marinho lá na sua casa, A Casa da Rabeca em Olinda? Pois bem, os filhos dele continuam a fazer esse encontro que se realiza neste final de semana.

O Programa Canavial deseja todos muita alegria nesta Festa dos Santos Reis.

· ·

PROGRAMA CANAVIAL

Editorial 93

FESTIVAL CANAVIAL

Severino Vicente da Silva

Meus amigos,

Tem início neste dia 19 e vai até o dia 04 de dezembro o FESTIVAL CANAVIAL.  A cada ano a Zona da Mata Norte experimenta o congraçamento de cidades, das pessoas, artistas, profissionais da região, na troca de informações e saberes tirados da vida e recriados pelas artes dos homens e mulheres da região.

Na cidade de tracunhaém haverá, na sexta e sábado, uma Roda de Mestres sobre a Ciranda e os cirandeiros e também muita ciranda na praça principal da cidade. Tracunhaém é a cidade que transforma a vida em obra de arte, uma arte surgida do encontro das mãos com o barro. Quase uma criação divina!

No mesmo dia 19, no Engenho Poço Comprido vai acontecer o CAMINHOS DO CANAVIAL, com a biblioteca  Mestre Batista, do Ponto de Leitura Estrela de Ouro de Aliança, contando histórias e dividindo a leitura e tradição juntamente com o Mamulego do Mestre Calú, a Poesia do Cordelista Costa Leite e o Cavalo Marinho Mestre Batista.

No Engenho Poço Comprido foram plantados, faz muito tempo, dois Baobás. Essas plantas atravessaram o Oceano Atlântico, foram trazidas da África para o Brasil, como aconteceu com muitos homens e mulheres que aqui chegaram como escravos. Para lembrar essa parte de nossa história vai acontecer, durante todo o dia 20, o Segundo Encontro de Jurema do Festival Canavial no engenho Poço Comprido, com a presença de mestre juremeiros e pesquisadores dessa religião que vem sendo praticada por uma parte do povo brasileiro, especialmente o povo da Mata Norte.  

Meus amigos, o PROGRAMA CANAVIAL, que faz parte do Movimento Cultural Canavial, convida vocês e todos os seus amigos, a participar das atividades do Festival Canavial que serão comentadas ao longo de nossa programação hoje e na próxima semana, serão atividades que ocorrerão nas cidades de Nazaré da Mata, Aliança, Vicência, Tracunhaém e Condado.

 

Para os dias 19 e 20 de novembro de 2010.

· ·

PROGRAMA CANAVIAL

 EDITORIAL 70

MOVIMENTO CANAVIAL PARA ALÉM DA MATA NORTE

Severino Vicente da Silva

Caros ouvintes,

Na semana passada nosso programa vibrou de alegria por que as cidades de Goiana e Tracunhaém ganharam novos Pontos de Cultura, e isso significa muito para nossa região. Cada atividade cultural existente que é reconhecida como Ponto de Cultura tem a possibilidade de provocar melhorias na vida das pessoas envolvidas. Ser escolhido como Ponto de Cultura já indica que o grupo está organizado e reconhecido. Por isso recebe apoio e passa a ter uma maior autonomia para realizar as ações necessárias para alcançar os seus objetivos. E nessa tarefa as pessoas aprofundam a idéia de que só estando organizados e cooperando é que novos caminhos serão abertos para o grupo, para as pessoas que formam o grupo e, as cidades ganham com isso.

Maracatu Estrela de Ouro na Feira Brasil Rural Contemporâneo. Porto Alegre, maio de 2010

Maracatu Estrela de Ouro na Feira Brasil Rural Contemporâneo. Porto Alegre, maio de 2010

Os Pontos de Cultura ajudam as pessoas e as cidades a mudarem seus comportamentos e seus desejos. No mês de maio, o Maracatu Estrela de Ouro de Aliança, que é Ponto de Cultura, enviou para Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, um grupo de caboclos e baianas para participar da VII Feira Nacional da Agricultura Familiar e Reforma Agrária, promovido pelo Ministério do desenvolvimento Agrário. No fim de semana passada, o Mamulengo do Mestre Calou de Vicência; o Maracatu Estrela de Tracunhaém; o Caboclinho Tapuya Canidé de Goiana; o Maracatu Coração Nazareno e o Maracatu Leão Misterioso de Nazaré da Mata; Ítalo Pay, de Goiana, e vários grupos culturais da nossa região se apresentaram na a Mostra do Festival Canavial no Parque do Carmo na cidade de Olinda. A que contou ainda com a presença de Jorge Mautner e Jacobina de São Paulo e Afonjah, do Rio de Janeiro, que juntamente como o Terno do Maracatu Estrela de Ouro e o Mestre Duda, estão realizando o projeto Kaosnavial. Nesta semana, o Maracatu Estrela de Ouro de Aliança continua a sua participação na Feira Brasil Rural Contemporâneo, promovida pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário, agora em Brasília. Todas essas ações só são possíveis quando nós nos ajudamos e colaboramos com os nossos. Essa é a Rede Cultural da Zona da Mata Norte, balançando a cultural do Canavial.

Mestre Calou e seus babaus na Mostra Canavial, Olinda, junho 2010. foto de Biu Vicente

Mestre Calou e seus babaus na Mostra Canavial, Olinda, junho 2010. foto de Biu Vicente

Este PROGRAMA CANAVIAL que parabenizar a todos os Pontos de Cultura que fazem parte desse Movimento Canavial, que está animando os criadores e re-criadores da nossa cultura, essa que nós criamos aqui na Zona da Mata Norte de Pernambuco.

 

Editorial escrito para os programas dos dias  18 e 19 de junho de 2010.

No tags

Theme Design by devolux.nh2.me