História e Canavial |

out/10

30

Tempo de eleição e de Esperança

PROGRAMA CANAVIAL

EDITORIAL 90

Tempo de eleição e de Esperança

Severino Vicente da Silva

 

Meus amigos

Neste domingo, dia 31 de outubro, os brasileiros com idade entre 16 e setenta anos vão votar, escolher uma pessoa que vai orientar o Brasil nos próximos quatro anos. É preciso pensar nesse ato que será feito. Votar é escolher uma pessoa para ocupar uma posição e realizar uma tarefa séria, neste caso a tarefa é governar, dirigir o Brasil.

No início do século XX, coisa de cem anos, a maioria das pessoas de nossa região votava em quem o proprietário do engenho, da usina mandava. Era o chamado “voto de cabresto”. Cabresto, todos nós sabemos, é instrumento feito de corda que o dono do cavalo ou do burro põe no pescoço e na boca do animal com o objetivo de dominar e impor ao animal o caminho para onde ir. Pois é, era assim que eram tratados os moradores de engenho, das usinas e muitos pobres ou remediados que viviam nas cidades: só votavam em quem mandavam, iam para o lugar de votação levados pelo cabresto.

O cabresto que os senhores de engenhos, usineiros e outras pessoas colocavam em muitos brasileiros era formado pelo medo: medo de perder a casa, medo de perder o emprego, medo de não poder cortar a cana, medo de não poder alimentar a família. Com esse cabresto, com esses medos, o voto, embora parecesse, não era livre. Mas isso é quase passado. urnaAgora nós temos liberdade de escolher a pessoa em quem vamos votar. Nesses dois dias que faltam para a gente ir ao local de votação e eleger a pessoa que vai governar o Brasil e tomar decisões que irão mudar o nosso dia a dia, vamos pensar com a cabeça da gente e retirar o que ainda resta de cabresto, do medo e, com muita liberdade e esperança, vamos votar.

Depois da votação, muita gente vai subir em um ônibus e fazer romaria até o Juazeiro do Norte, o Juazeiro do Padrinho Cícero Romão. Essa romaria que é feita para manter a lembrança do Padim Ciço agora é chamada de Romaria da Esperança.

O Programa Canavial deseja que todos os moradores da Zona da Mata votem sem cabrestos, com liberdade, sem medos e com esperança.

 

 Escrito para os programas dos dias 29 e 30 de outubro de 2010.

No comments yet.

Leave a Reply

<<

>>

Theme Design by devolux.nh2.me