O Filho do mundo

2010
10.14

 

A história do filho do mundo
 
“Aqueles pobres sofridos, que se deslocam de um canto pra o outro em busca da sobrevivência do seu povo e da sua religião”.
Quando uma vida nasce, nasce também um cristão para sofrer seu pobre destino num poço chamado “mundo”. O destino desse cristão seria sofrer, e morrer.
Infeliz destino me teve ao ver o meu maior tesouro, ser machucado por o homem que o destino criou.
Sou eu a triste criança que teve o destino interferido pelo sofrimento, aos meus cinco anos de idade minha mãe se separou de mim e me deixou ao relento de meu pai, que sempre saia pra beber e me deixava com fome, como não tinha nada pra comer eu e meu irmão pegava farinha com açúcar e semeávamos com gosto, pois a sorte me abandonou.
Passado um tempo, eu já estava com uns dez anos na quarta serie apesar da má sorte eu era um aluno exemplar, mas meu pai não reconhecia que eu era diferente dele, que o mundo me criou. Eu não e
todos sabem e um pouco mais.
Hoje eu me sinto bem, mas o que eu sofri não será esquecido assim, “o meu futuro será diferente do meu passado” aqueles tempos de sofrimento já passaram. Minha vida agora é outro, mas o destino ainda interfere na minha vida, minha mãe ainda é separada do meu pai, o que me deixa fora do normal é o simples “amor” eu acho que o que me deixa feliz apesar da tristeza, hoje é quase um dos melhores do projeto “leitura no ponto” projeto fundado em mais ou menos em 2004, localizado no sitio chã do camará {entrada de upatininga, distrito de aliança}.
“eu não me considero normal, são muitos que através da tristeza encontraram a felicidade, já não sou o único.”
              Sou fogo, sou água
              Sou do catolé
              Sou louco, eu sou
               Adriano José.  
 
 
 imaginando, criando
                       
                               Adriano dos santos. Aliança – PE
                                                  (A história do filho do mundo)

Tags: ,

One Response to “O Filho do mundo”

  1. Ana Cristina Guedes. says:

    Esse menino tem futuro ele, passou por tando sofrimento que fez se expressar na poesia.
    É muito ruim ser abandonado pela propria mãe.É a senção horrivel que um ser humano pode sentir. Olha se eu poder e vc permintir quero fazer parte de ser voluntária nesse projeto maravilhoso.Parabéns por vc e sua equipe que fazem parte dessa maravilha.Se cada um fizese um pouco o Brasil seria outro.Fique com Deus.

Sua Resposta